Descrição Curta

O Parque dos Escorregadores, próximo ao Estacionamento 3 do Parque Sarah Kubitschek (Parque da Cidade) e em frente à sede do GEJA, tem o formato de um semicírculo, como um teatro de arena. Possui uma passarela na parte superior, que dá acesso às rampas dos escorregadores, e túneis para atravessar o elevado. Na parte inferior, dentro do semicírculo, há um poste público de iluminação. O formato de construção do parque não permite a visualização das crianças que estejam brincando dentro da área interna; os túneis de passagem para a área interna são estreitos e propiciam esconderijo a animais e pessoas mal-intencionadas, com riscos de saúde e de crimes; e os escorregadores precisam de manutenção periódica, como pintura e limpeza.

.

Abrace o Parque – Reforma do Parque dos Escorregadores

por Bruno Souza

Avaliação 0 de 5
  • R$50.000,00

    Meta de arrecadação
  • R$0,00

    Fundos arrecadados
  • 0

    Dias restantes
  • Meta desejada

    Método de encerramento da campanha
Percentual arrecadado :
0%
O valor mínimo é R$50 O valor máximo é R$ Put a valid number
R$

Bruno Souza

5 Campanhas | 0 Campanhas favoritas

Veja a biografia completa

Descrição da Campanha

Características:

O Parque dos Escorregadores, próximo ao Estacionamento 3 do Parque Sarah Kubitschek (Parque da Cidade) e em frente à sede do GEJA, tem o formato de um semicírculo, como um teatro de arena, com uma altura aproximada de 2,1 metros em seu ponto mais alto. Possui uma passarela na parte superior, que dão acesso às rampas dos escorregadores, e túneis para atravessar o elevado. Na parte inferior, dentro do semicírculo, há um poste público de iluminação.

Problemas:

  1. O formato de construção do parque não permite a visualização das crianças que esteja brincando dentro do semicírculo. De um lado, o elevado impede que as pessoas posicionadas à frente da sede do GEJA, na área dos murais ou na pracinhas tenham visibilidade direta para a área interna; e na extremidade onde não há elevado não há espaços para uso das famílias, além de uma razoável cobertura vegetal, o qual também impede a visualização a partir do parque de balanços e gangorras. Esse formato é um risco para a segurança de crianças.

  2. Os túneis de passagem para a área interna são estreitos e propiciam esconderijo a animais e pessoas mal-intencionadas, com riscos de saúde e de crimes, especialmente no final da tarde, quando a luminosidade é baixa.

  3. A área interna contém areia, já condensada e tomada, em alguns trechos, pelo mato. Além disso, o ambiente está constantemente sujo, eventualmente incluindo cacos de vidro, latas de refrigerantes e cervejas. Também há possibilidade de contaminação de doenças como bicho geográfico, toxoplasmose, micoses e outros riscos à saúde.

  4. Os escorregadores precisam de manutenção periódica, como pintura e limpeza, o que o GEJA já costuma fazer em média a cada três anos.

Intervenções planejadas:

I – Cooperação com responsabilidade pela manutenção:

  • Obra para a junção de túneis, criando aberturas maiores para minimizar o problema de visibilidade da área interna, facilitar a limpeza e conservação e diminuir os riscos de segurança.

  • Melhoria da iluminação da área interna dos escorregadores, em parceria com a CEB.

Recompensas

R$100,00 ou mais

Camiseta exclusiva do GEJA, com estampa personalizada

abril, 2021

Entrega estimada
0 apoiadores

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Abrace o Parque – Reforma do Parque dos Escorregadores”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.