Participar do movimento é um grande aprendizado para os jovens. É no Grupo Escoteiro que eles terão a oportunidade de fazer novos amigos e conhecer coisas novas e interessantes. Além de todas as possibilidades que se abrem, eles experimentam a sensação de comandar a própria atividade e lidar com as consequências e impactos de suas decisões.

Para participar do Movimento Escoteiro, os pais ou responsáveis devem:

  1. Entrar em contato com o GEJA pelo e-mail geja@escoteirosdf.org.br para verificar a existência de vagas. Atendemos jovens alfabetizados entre 6,5 e 21 anos.
  2. Havendo vagas, os pais (ou o próprio jovem, se tiver entre 18 e 21 anos) devem preencher as fichas de registro e médica, que podem ser enviadas por e-mail ou preenchidas no GEJA. A ficha original, assinada, deve ser entregue no GEJA para arquivo.
  3. Após o registro, o jovem pode participar de até três atividades de experiência, ao longo de até 30 dias. Essas atividades servem para os jovens terem uma ideia do que fazem os escoteiros e avaliarem se querem participar desse movimento que funciona em todo o mundo há mais de 100 anos. Não há custo para as atividades experimentais.
  4. Em uma das atividades de experiência, os pais serão convidados a conversar com a Diretoria para que eles também possam entender mais sobre o Movimento Escoteiro e tirar quaisquer dúvidas. Essa conversa é fundamental, uma vez que a família é um dos pilares do Escotismo.
  5. Após a terceira atividade experimental ou ao fim dos 30 dias de experiência, se o(a) jovem quiser continuar no Movimento Escoteiro, os pais ou responsáveis devem fazer o registro definitivo, que consiste no pagamento das taxas da União dos Escoteiros do Brasil, única organização autorizada pela Organização Mundial do Movimento Escoteiro a praticar o Escotismo no Brasil, e do próprio GEJA. O registro dá direito a:
    1. Receber a credencial escoteira, identificando o(a) jovem como membro da Organização Mundial do Movimento Escoteiro e abrindo as portas de qualquer grupo escoteiro no mundo;
    2. Aproveitar os convênios firmados pelos Escoteiros do DF e pelos Escoteiros do Brasil.

 

%d blogueiros gostam disto: