Comida mateira não é só pra gente grande!

Em uma roda na sede do GEJA…

— Cozinha mateira? Ahhh. Isso é só para escoteiros e seniores! Lobinho é pequeno demais para essas coisas!

Observando isso, sorrateiramente chega o Kaa e exclama:

— Vocês não conhecem a vontade de aprender e a coragem de enfrentar a natureza como os lobinhos da Alcateia Uivos do Cerrado!

Após isso, eis que surge a Oficina de Cozinha Mateira! Esse foi um pedido dos próprios jovens, escolhido pela maioria dos votos nos jogos democráticos do ciclo 2/2017!

Além de um grande momento para nossos lobinhos, seria um desafio aos Velhos Lobos que logo viram uma oportunidade para ensinar as técnicas de montagem de fogueiras, segurança com facas e cozinha ao ar livre.

Conduzida por nosso astuto Kaa (escotista Augusto C. Willer), a atividade iniciou logo cedo, às 8h da manhã perto da sede do GEJA. Muita lenha para ser catada e muita disposição para buscarmos o melhor lugar para cocção de nossas delícias mateiras! Após o hasteamento da Bandeira, todos aprenderam como uma fogueira é feita e quais os cuidados que devem ser tomados antes de acendê-la — afinal de contas, o mais importante da fogueira não é o fogo, mas ter certeza que conseguirá apagá-la rapidamente!

Logo de início um café da manhã com pão de caçador (versão Nutella e Raiz), frutas, leite, suco e biscoitos! Depois, arregaçar as mangas para prepararmos o almoço mateiro! No cardápio, frango e carne assados, Kafta, arroz na abóbora e salada de frutas de sobremesa.

Acha que é fácil?

Dureza foi ver o chefe destrinchando um frango… tinha lobinho que nunca tinha visto um frango inteiro… Depois, limpar a carne e fazer a Kafta colocando nos espetos. Bom, nem tudo são flores, por falta de tempo o arroz na abóbora não chegou ao seu ideal, mas… correm Baloo e Rikki Tikki Tavvi para providenciarem o carboidrato no fogão mesmo, afinal de contas, com 21 lobinhos, temos que ter o plano B, C, D…

Mas o trabalho não ficou por aí! Depois de encher a pança, os jovens arrumaram e limparam o local, afinal de contas nosso tema de ciclo é  “AUC deixando o mundo um pouco melhor do que encontrou”. Assim, descobrimos que com simples ingredientes e uma boa brasa é possível fazer milagres na cozinha ao ar livre! Viva a cozinha mateira!

PS: Aqueles escoteiros e seniores que ficaram falando mal dos lobinhos lá em cima… sabem nada!

Por Emerson Willer

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

1 comentário em “Comida mateira não é só pra gente grande!”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas:

Notícias

A Sede é Nossa!

GDF e GEJA assinam termo de cessão da sede do grupo com vigência de 20 anos, prorrogáveis. Na manhã dessa sexta-feira (03/07/2020), uma cerimônia simbólica marcou a entrega do Termo de Cessão de Uso nº 1/2020, que formaliza a ocupação da nossa sede para a prática do escotismo. O termo foi assinado pela Administradora Regional

Leia mais »
Informativos

Alguém com saudades de acampar?

Faz um tempo que a gente deixa de fazer uma das atividades mais marcantes do Escotismo: acampar! Mas… mesmo com quarentena, vamos dar um jeito, porque somos escoteiros e acampar está no nosso sangue! Por isso, preparem-se para o… Para saber tudo sobre o nosso acampamento de grupo – nesse ano, em casa — assista

Leia mais »

Comunicado 04-2020: Atividades Virtuais e Presenciais em 2020

Prezados pais e/ou Responsáveis, A crise continua, e infelizmente ainda não temos muita clareza em relação ao retorno à normalidade em vários setores – dentre os quais, o Escotismo. De um lado, a União dos Escoteiros do Brasil mantém a restrição em nível nacional a todas as atividades presenciais, medida que nos parece bastante sensata.

Leia mais »

Também pode interessar...

Rolar para cima

Formulário de envio de Projeto de Vida

Se você é pioneiro(a), um dos seus itens de progressão é fazer um projeto de vida. Esse formulário é a versão on line do modelo que está no seu Guia Pioneiro, portanto fique à vontade para utilizá-lo.

Identificação

Minha Visão de Futuro

Como me vejo daqui a cinco anos? Redija textos curtos, representativos da sua visão de futuro em cada uma das seis áreas de desenvolvimento.

Metas para o ano atual

Quais os passos intermediários necessários para alcançar sua visão de futuro e que podem ser dados neste ano? Liste uma ou duas metas a serem alcançadas neste ano. As metas devem ser claras e factíveis.
Visão 1: QF - Físico (corpo)
Visão 2: QI - Mental (mente) => denominamos "intelectual"
Visão 3: QC - Coletiva (sociedade) => denominamos "social"
Visão 4: QE - Emocional (coração) => denominamos "afetivo"
Visão 5: QS - Espiritual (espírito)
Visão 6: QV - Caráter (valores)

Plano de Ação

Crie o seu Plano de Ação! Para cada meta, liste as tarefas e prazos a serem cumpridos para alcançá-la, incluindo os recursos necessários. Lembre-se de prever tarefas exequíveis, mas que tragam algum desafio.
Meta 1a
Meta 1b
Meta 2a
Meta 2b
Meta 3a
Meta 3b
Meta 4a
Meta 4b
Meta 5a
Meta 5b
Meta 6a
Meta 6b

Encerramento

Use este espaço para escrever qualquer observação, meta intermediária, anotação etc. que possa ajudar no futuro. Talvez uma referência, um texto interessante, um comentário, um pensamento...
Se quiser, você também pode anexar um ou mais arquivos ao seu Projeto de Vida. Isso pode ser útil, por exemplo, no caso de um portfólio, um currículo, uma carta de intenções ou outros documentos. O Projeto é seu, então vale qualquer coisa que você quiser! Para anexar mais de um arquivo, mantenha a tecla Control (CTRL) apertada enquanto seleciona os arquivos.

Cadastro de Instrutores

Entrar com a sua conta